Votação

Onde será a próxima reunião anon?

26% 26% [ 5 ]
74% 74% [ 14 ]

Total dos votos : 19

Outubro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Like/Tweet/+1
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking reddit  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo    

Conservar e compartilhar o endereço de Movimento BH em seu site de social bookmarking


[Noticia] Ao lado de Obama, Dilma lança programa para promover maior transparência de governos

Ir em baixo

[Noticia] Ao lado de Obama, Dilma lança programa para promover maior transparência de governos

Mensagem  Falken em Qua 21 Set 2011, 13:28

Luciana Antonello Xavier, correspondente de O Estado de S.Paulo em Nova York

A presidente Dilma Rousseff acaba de participar do lançamento da Parceria para Governo Aberto na condição de copresidente do programa juntamente com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no hotel Waldorf Astoria, em Nova York. “Trata-se de importante instrumento para fortalecimento das nossas democracias. Congratulo-me com o presidente Obama por haver levantado esse tema”, disse Dilma, sentada ao lado de Obama.
“O uso das redes digitais é essencial para promoção de governos mais transparentes e acessíveis aos cidadãos, para melhoria dos serviços públicos, de educação, saúde, segurança e meio ambiente. Essas redes são importante instrumento para nosso objetivo fortalecimento da democracia”, afirmou Dilma, e discurso de pouco mais de sete minutos. “O Brasil endossa o plano de ação para governo aberto”, completou.

O programa terá inicialmente a participação de 46 países e tem por objetivo possibilitar maior transparência dos governos. Dilma, ao final, informou que o Brasil irá de sediar o próximo encontro da Parceria para Governo Aberto, em 2012. Minutos antes do lançamento, Dilma e Obama tiveram encontro bilateral fechado no hotel, onde também a presidente está hospedada.
A presidente citou avanços já feitos no Brasil nesse sentido, como o portal “Transparência Brasil” e o fato de a imprensa brasileira não sofrer nenhum tipo de constrangimento por parte do governo. “As convicções do governo nessa matéria são firmes e permanentes e deixei isso bem claro desde discurso de posse”, disse. Segundo ela, seu governo está ciente da importância de se assegurar a prestação de contas, fiscalização e participação dos cidadãos. Ela citou ainda o projeto de ampliação ao acesso à banda larga.
A presidente veio à cidade para a abertura da 66 Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e desde de sua chegada, no último domingo, não concedeu nenhuma entrevista coletiva à imprensa, reforçando seu estilo low profile de governar.

Fonte: http://blogs.estadao.com.br/radar-politico/2011/09/20/ao-lado-de-obama-dilma-lanca-programa-para-promover-maior-transparencia-de-governos/
___________________________________________________________________________________________________

Dilma e Obama assinam documento com práticas anticorrupção
Lisandra Paraguassu, enviada especial a Nova York

O governo brasileiro se compromete em aumentar as informações disponíveis sobre as atividades de governo ter políticas, mecanismos e práticas robustas anticorrupção e assegurar transparência no gerenciamento das finanças públicas. O documento do programa Open Government Partnership será assinado daqui a pouco pela presidente Dilma Rousseff , o presidente Barack Obama e outros seis chefes de Estado que apresentam, nesse momento, a iniciativa.

O encontro, que está acontecendo no hotel Waldorf Astoria, em Nova York, é a ação final de um ano de negociações, comandadas por Estados Unidos e Brasil depois de um convite do presidente Barack Obama ao governo brasileiro , durante a Assembleia Geral da ONU do ano passado.
O documento, que é de adesão voluntária, tem quatro pontos principais:
Aumentar a informação disponível sobre as atividades do governo em todos os níveis; apoiar a participação da sociedade civil nas decisões; ter os padrões mais elevados de integridade profissional nas administrações públicos – e nesse ponto entram as “robustas políticas anticorrupção” – e aumentar o uso de tecnologias para melhorar o acesso público à informação .
Obama convidou o governo brasileiro a participar da iniciativa no ano passado. Apesar de ter aceito e ter aderido voluntariamente, o Brasil ainda peca no acesso à informação. Entre outros problemas, o Congresso Nacional ainda não conseguiu aprovar a lei de acesso à informação, que pretende justamente ampliar o acesso público a números do governo, hoje praticamente restrito a parlamentares.

Fonte: http://blogs.estadao.com.br/radar-politico/2011/09/20/dilma-e-obama-assinam-documento-com-praticas-anti-corrupcao/

Falken
Novato
Novato

Mensagens : 8
Data de inscrição : 29/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum